09 junho 2016

Resenha: Fica Comigo


- Livro cedido em parceria com a editora -


Autora: Kristen Proby
Editora: Charme
Assunto/ Categoria: Romance, Romance estrangeiro, Fama.
Páginas: 464
Sinopse: Ser confrontada na praia por um estranho atraente não fazia parte dos planos de Natalie Conner, que só queria passar uma manhã tranquila tirando fotos. Mas, afinal, porque ele pensou que ela estava tirando fotos dele? Quem é ele? Ela só tem certeza de uma coisa: ele é um gato, extremamente romântico e alimenta a sua alma ferida. Luke Williams só deseja que o mundo lhe dê um tempo, então, ver outra câmera apontada para seu rosto quase faz com que ele ataque a bela mulher atrás da lente. Quando ele descobre que ela não faz ideia de quem ele seja, fica intrigado e até um pouco atraído. O corpo de Natalie parece ter sido feito para o sexo, sua boca é atrevida e Luke não consegue enjoar dela, embora ainda não esteja pronto para lhe contar quem verdadeiramente é. Natalie é uma garota incomum que não lida muito bem com mentiras e segredos. O que acontecerá com esse novo relacionamento quando ela descobrir o que Luke vem tentando esconder?

With me in Seattle 1
Fica Comigo é um livro de romance, igual aos seus amigos do gênero. O seu suposto diferencial é que os protagonistas são: uma fotógrafa e um astro de cinema que se esconde das notícias e da fama. O problema além da óbvia desconfiança? Decepções anteriores na vida dos dois. Não posso mentir, para mim foi a repetição da estrutura que já vi muitas e muitas vezes em livros do gênero, só que sem conseguir surtir um bom efeito sobre mim. Nós sabemos que todas essas histórias seguem uma estrutura, mas o que encanta é o modo como os fatos ocorrem, por isso uma boa construção é essencial. Aqui, esse modo não funcionou tão bem para mim, mas acredito que possa funcionar para outras leitoras.

Natalie é fotógrafa e tem seu sustento aliado ao que herdou dos pais. Divide a casa com sua melhor amiga e leva sua vida mantendo sua quase rotina simples de fazer ensaios pessoais de clientes e de fotos de paisagens que vende para as redondezas. Os homens na sua vida são requisitados quando a interessam, mas ela nunca se sentiu confortável para se aproximar mais de ninguém além do lado físico. A única pessoa em sua vida que sente em que pode confiar é a amiga com que mora. Um belo dia, Natalie está tirando fotos na praia próxima à sua casa, quando é atacada por um homem dentro de todos os padrões de beleza. Ela pensa que está sendo assaltada, até o estranho explicar que pensou que ela estivesse tirando fotos dele e por isso quis pegar a câmera. O mal entendido é esclarecido, mas Natalie nem acha curioso o fato de um homem na praia ver uma câmera e pensar que está sendo fotografado e ter essa reação sem esconder algo. Ela desconversa a atração inicial causada pela beleza do desconhecido, que ela descobre se chamar Luke, e segue adiante.

Mas o destino insiste em unir os dois, e casualmente eles se encontram pouco depois. Luke a convida para sair. A conversa começa, a atração aumenta cada vez mais... E um relacionamento vai criando raízes cada vez mais. Só que há um problema: o motivo para Luke não gostar de câmeras é que ele é famoso, um grande ator, que na época anda afastado de grandes filmes e das câmeras. Natalie não o reconhece, e ele resolve deixar assim, sem lhe contar, apenas para ter um momento de um relacionamento mais próximo do normal. Qual será a reação de Natalie, que não gosta de mentiras, ao descobrir que esse pequeno detalhe foi omitido? Entre cenas românticas pela cidade, jantares fofos, cenas quentes e muito glamour garantido pela "riqueza" dos dois personagens (principalmente a dele), o romance se constrói, elaborando um sonho de amor que tem como dificuldades apenas o que cada personagem cria como desafio para si mesmo. Então, se você adora acompanhar atores e se imaginar com eles, não anda nem um pouco cansada do gênero, e gosta de cenas de amor bem românticas e sonhadoras, sem se importar com a velocidade dos acontecimentos em detrimento das dificuldades anteriores dos personagens, este livro é perfeito para você.

Para mim não funcionou tanto, porque ando um pouco saturada da mesma estrutura se repetindo, por isso fiquei mais exigente com a construção em si. Senti que tudo aconteceu muito rápido. Natalie passou por momentos bem difíceis, mas começa a confiar em Luke bem rápido sem nem perceber, sem nem lutar tanto contra isso no início. Fora isso eu até gostei muito dela, da personalidade divertida e das tatuagens, mas achei que esse detalhe podia ser melhor trabalhado. Luke até tudo bem, ele realmente demora um pouco mais a se entregar, mas também não me impactou muito a níveis humanos; o achei um tanto quanto "perfeito" demais, pois o único defeito que apresenta é esse, que chega a ser pequeno em relação ao motivo que teria para ser pior. Fora isso, não aparecem muitas dificuldades sérias no caminho dos personagens. São problemas bobos, facilmente tratados, causados por momentos de imaturidade dos personagens em geral, em que a solução óbvia seria sentar e conversar. Sua tendência é realmente água com açúcar, e por isso o livro poderia até ser menor, visto que muitos momentos se repetem sem acrescentar coisas muito novas ou desenvolver os personagens como poderia - principalmente as cenas hot.

Mas entendo por que ele possa funcionar para outras leitoras, e reforço os comentários anteriores, de que as profissões deles chamam a atenção, e as cenas românticas são um bom prato para uma leitura de descanso e sonhos. A presença da fotografia também foi um ponto positivo. O livro fez até com que eu me interessasse mais pelo ato (que agora estou aprendendo com muita felicidade na faculdade ♥). Por isso eu deixo para a reflexão de cada uma se vale insistir na leitura que tem seus pontos positivos e negativos, dependendo do ponto de vista.

2 Estrelas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem à vontade, reflitam bastante, se divirtam e suspirem. Por favor, respeitem as seguintes regras:

-Os comentários devem se referir ao post em questão.

-Comentários que só contém divulgação de blogs estão proibidos. Se quiserem, comentem e deixem o link do blog no final. Sempre respeitando, o espaço alheio.

Muito obrigada e voltem sempre.

.
© Reflexão Literária - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vivian Pitança.
Tecnologia do Blogger.