07 maio 2015

Resenha: Beijada por um anjo - Revelações





Livro 05
Pode conter spoilers para quem não leu os outros livros da série
Autora: Elizabeth Chandler
Editora: Novo Conceito
Assunto/ Categoria: Romance, Ficção, Romance sobrenatural, Espiritualidade, Suspense.
Páginas: 320
Sinopse: Depois que Ivy descobre que Tristan está no corpo do assassino Luke, a vida deles toma um outro rumo. Tristan se esconde da polícia e Ivy não sabe onde localizá-lo. Para piorar as coisas, Beth está cada vez mais distante e estranha, e só Ivy sabe o que realmente está acontecendo com ela.
Ao descobrir o paradeiro de Tristan, Ivy não se contém e corre para ele, apesar do risco de ver seu amor descoberto. Para conquistar sua liberdade, Tristan, com a ajuda da namorada, tentará descobrir em que encrenca se meteu o garoto que lhe empresta o corpo. E, na busca de evidências, Tristan e Ivy percebem que existem mistérios sobre os quais eles não têm controle e que podem levá-los por um caminho sem volta. Além disso, a interferência de Tristan sobre o destino de Ivy deverá ser punida duramente. Pode ser que um deles não viva por muito mais tempo.




Gosto, mas reconheço que poderia ser melhor



É incrível minha capacidade de prolongar a leitura de algumas séries. Deve haver três anos que li o primeiro desta. Este é o quinto livro, e ainda não peguei no sexto e último. Mas com calma a gente chega lá. Se há algo que posso dizer sobre esses anos e livros é que tanto eu quanto a autora amadurecemos nossas percepções. Eu como leitora, ela como escritora. Sua escrita melhora no decorrer da série e isso é perceptível. Em Revelações os gêneros se misturam. Antes Elizabeth Chandler fazia um mix de romance sobrenatural com suspense. Agora o mix persiste, mas tem todo um ar mais sombrio e espiritualista. E até a protagonista, Ivy, de quem sempre reclamei nesses anos, melhorou - mas não totalmente. 



O cenário é o mesmo: Ivy morando e trabalhando com Beth e Will na pousada da tia de Beth. As amigas que fazem lá continuam chatas no meu conceito. Parecem não entenderem Ivy, e a pressionam, no início, a fazer justamente o que causa a confusão toda que se intensifica neste volume (livro 4 da série). Tristan já sabe que está no corpo de um foragido e precisa se esconder. E Gregory se torna cada vez mais forte junto de Beth, que é cada vez mais manipulada por ele, gerando cenas um pouquinho tensas.

A questão "ciência x espiritualismo inexplicável por ela" aparece bem aqui, com o caso de Tristan. Ele mesmo investiga um pouco sobre o passado do "corpo" que habita. E aí entra a melhora de Ivy: ela o ajuda. Finalmente faz alguma coisa para entender o lado "sem explicação científica, natural" do livro. São cinco volumes, e até agora fico boba em como eles se contentam com a justificativa: "ele é um anjo, mas parece espírito de algumas religiões existentes, só que com várias coisas fora do que já se pôde ouvir falar". Ninguém se preocupa em entender o que está acontecendo. Ivy e Tristan, os amigos que sabem o que aconteceu... Ninguém pesquisa nada. O mundo sobrenatural da história não cresce. E isso me incomoda até hoje.



Os outros personagens também parecem "crescer" nem que um pouco - até Gregory como vilão. E uma coisa engraçada é que há várias referências a outros livros, como aparece uma a Grande Gatsby, feitas por personagem que numa primeira vista não parecem tão fãs de literatura. Fiquei me perguntando qual foi a intenção da autora ao inserir isso na história... Dar esse ar de maturidade? De "Ivy fez amigos que mesmo com coisas idiotas de jovens agora falam de algo fora seus mundinhos"? Falando em força, a força de Ivy é mais testada por esse empenho maior de Gregory, ela finalmente reage um pouco, decidindo que "vai fazer alguma coisa". Ajuda Tristan, reza mais, fica mais confiante... Mas tudo dentro da característica velocidade de ter atitude e personalidade dela. A personalidade é um pouco mais perceptível, mas ainda acho um pouco "fraca" para protagonista. Não fica nem no "garota comum", fica no "não se destaca nem na própria história" do meu ponto de vista. Você lê o que está acontecendo com ela e torce para um fim legal para todos, mas não consegue ter empatia pela personagem.


Tirando esses pontos que são recorrentes na série, esse foi o melhor livro até agora, por essa melhora. Beijada por um anjo é uma série de que gosto, mas que sei que não é "aquilo tudo". O que gosto nela é de seu romance, seu espiritualismo e a fé que Ivy tem que já foi e voltou ao longo dos livros. A mitologia criada pela autora dá o nome de anjos, mas para mim é uma história com espiritualidade, que peca pela falta de informação, mas que também consegue interessar e prender o leitor com as cenas de ação, tensão, os jogos de descoberta, a ansiedade, o suspense. E em Revelações, tudo fica mais especial pelo toque maior de romantismo e lado sombrio. As emoções aumentam e o final é novamente no clássico "parou na melhor cena, com a melhor pergunta". Te deixa louco pelo próximo. O meu está aqui. A questão é quando o pegarei para ler. 

3 - 4 Estrelas

E você? Conhece a série? Comente! ;)


2 comentários:

  1. Aí se encontra uma série que nunca consegui começar a ler e sinceramente, nem o farei. Desde o primeiro livro não consegui engrenar a leitura. E já tentei ao menos, começar. Acabei deixando de lado e até troquei o primeiro volume recentemente no Skoob.
    Nem sabia que eram seis volumes. Mas mesmo assim, li a resenha e gostei de saber do amadurecimento da autora. É bom quando isso acontece. Quando podemos acompanhar a evolução dos personagens, mas de quebra, o quanto os autores crescem juntos!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Como você consegue ficar tanto tempo sem continuar uma série? Acho que, por eu ler séries que realmente me interessam, eu não demore tanto tempo assim hahah Eu ainda não conhecia essa série, e não me deu vontade de conhecê-la melhor, pois ela não me agradou! O que gostei da série foi saber que a autora evolui-se a cada volume da série, mas acho que eu não me agradaria com a história! ;)

    ResponderExcluir

Comentem à vontade, reflitam bastante, se divirtam e suspirem. Por favor, respeitem as seguintes regras:

-Os comentários devem se referir ao post em questão.

-Comentários que só contém divulgação de blogs estão proibidos. Se quiserem, comentem e deixem o link do blog no final. Sempre respeitando, o espaço alheio.

Muito obrigada e voltem sempre.

.
© Reflexão Literária - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vivian Pitança.
Tecnologia do Blogger.